Ligações externas

 Câmara Municipal da Covilhã  Moodle
 Direcção Geral de Recursos Humanos da Educação Direcção Regional de Direcção do Centro 
 IAVE  APEE.ESFHP
Sites de Interesse

 

 
moodle

 

     

 

 

 

 

 

 

 

Autenticação

Estatística do portal

Ver visitas de Artigos
2483684

Comemoração da Floresta Autóctone

   
No dia ensolarado de 14 de janeiro, pela manhã, parecendo primavera, os alunos das turmas do 5º AT, 5º BT, 7º AT e 7ºBT da EB Tortosendo, alternadamente, comemoraram, de forma participativa, a Floresta Autóctone. Após uma espera do dia adequado, este sempre nasceu! De forma segura, os alunos abriram os buracos no solo, colocaram a árvore, voltaram a colocar a terra, regaram e decoraram, protegeram com pedras, em volta, fazendo todo processo de plantação. Todos participaram e nas diferentes atividades. “Por mim, passava o dia todo a fazer isto!”, diziam os alunos mais entusiasmados!

As árvores/arbustos plantados foram castanheiros, Castanea sativa, e azevinhos, Arbutus unedo, e foram oferta da Queiró. Os espaços de plantação foram previamente definidos, de forma a permitir o crescimento, espaçado, das plantas e facilitar o seu sucesso de desenvolvimento. 

 

 

Contribuímos assim para um clima mais ameno, espaço escolar colorido, com biodiversidade e rico em frutos, também! As árvores, para além do oxigénio que nos fornecem, pela fotossíntese, amenizam o clima, tanto pela sombra e barreira ao vento, que fazem, bem como pelo vapor de água que libertam e pelo favorecimento da infiltração da água no solo. São ainda habitat para uma variedade de seres vivos e, finalmente, ainda nos oferecem cor e frutos!

Vamos acompanhar o seu crescimento e proteger o seu desenvolvimento, cuidamos delas, para que elas possam… cuidar de nós também!

13 prémios obtidos, pelos alunos do AEFHP, no concurso da CIM-BSE e CEI-Eduardo

Os alunos do AEFHP foram os grandes vencedores do concurso “Fronteiras da Esperança: Minha Terra, Meu Futuro”, levado a cabo pela Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) e CEI-Eduardo Lourenço. 

Foi atribuído o  Prémio "Escolas" a duas escolas do nosso agrupamento, 1º e 3º lugares, respetivamente, à Escola -Secundária Frei Heitor Pinto e Escola Básica 2/3 de Tortosendo.

Parabéns a todos os envolvidos!

Segue a lista de todos os outros prémios e menções honrosas obtidos no concurso:

Vencedor Geral (Prémio do Júri):

“Um imaginário glocal” – de Leonor Conceição Madeira, Alexandre Ferreira Duarte e Adriana Mendes Inácio (Escola Básica 2/3 de Tortosendo – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Escalão 2 – 2º Ciclo
“Litiografias” – de Salvador José Nunes Raposo, Leonor Martins Isento e Ana Sofia Fonseca Gonçalves (Escola Básica 2/3 de Tortosendo Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Escalão 4 – Secundário
“Galerias de Luz” – de Emanuel Dias Pacheco, Micael Ramos de Lima e Ana Lúcia Fernandes Canhoto (Escola Secundária Frei Heitor Pinto – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Menções Honrosas

Escalão 1 – 1º Ciclo
“Alxisto” – de Simão Sobreiro Geraldes Silva e José Rúben da Silva Tomás (Escola EB1 de Paul – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Escalão 3 – 3º Ciclo
“Tortosendo” – de Tomás Gouveia Falcão (Escola Secundária Frei Heitor Pinto – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Tema 2. ” Escrita, literatura e território: trabalhos de expressão literária”

Escalão 1 – 1º Ciclo
“A minha terra” – de Francisco Dias, Leandro Bernardino e Hugo Gonçalves (Educação Básica 1 São Jorge da Beira – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Escalão 3 – 3º Ciclo
“Um Livro e umas Aldeias Abandonadas” – de Ana Jerónimo Marques (Escola Secundária Frei Heitor Pinto – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Escalão 4 – Secundário
“Somos da Forma como Habitamos a Irrealidade”- de Bruno Gonçalves Ferreira, Pedro Eduardo Catalão e Sérgio Cristóvão Morais (Escola Secundária Frei Heitor Pinto – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Tema 3. “Arte e território: trabalhos de expressão artística”

Escalão 1 – 1º Ciclo
“Por(que)sim” – de Simão Sobreiro Geraldes Silva e José Rúben da Silva Tomás (Escola EB1 de Paul –Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Escalão 2 – 2º Ciclo
“Minha Terra, Meu Futuro – Coutada” – de Martim Cipriano Antunes, Matilde Cipriano Antunes e Matilde Figueira Gonçalves       (Escola Básica N.º 2 de Paul – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Menções Honrosas

Escalão 1 – 1º Ciclo
“Um passado futuro” – de Rúben Santos Maceiras (EB1 Largo da Feira – Tortosendo – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)
“Ciga-(Nos): Uma Imagem Inclusiva” – de Miguel Silva Cardoso (EB1 Largo da Feira -Tortosendo – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Escalão 3 – 3º Ciclo
“Iberografias” – de Gabriela Martins Fernandes, Inês Sofia Mouro Venâncio e Débora Lúcia Bicho Santos (Escola Secundária Frei Heitor Pinto – Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto)

Atividades da turma do curso profissional TAF

 Os alunos da turma do Curso Profissional Técnico de Auxiliar de Farmácia estão a produzir solução antisséptica de base alcoólica para utilização nas escolas do agrupamento.

Um mundo sem abelhas…

Mesmo confinados… no dia 26 de maio, aprendemos um pouco mais sobre as abelhas e o modo como elas “fazem andar” o nosso mundo… oferecendo-nos todo um mundo de alimento, muito para lá do mel!  Concluímos… não seria possível o nosso mundo, sem abelhas!!

Agradecemos ao Investigador Henrique Azevedo Pereira, PhD Biology pela universidade de Aveiro, Laboratório Soil Ecology and Ecotoxicology do Departamento de Ciências da Vida na universidade de Coimbra, a partilha e divulgação de uma pequena parte dos seus estudos, connosco!

A turma do 6ºCT foi a “sortuda” nesta oportunidade de “Palestra/Sessão à distância” promovida pelo programa Eco-Escolas de Tortosendo!

No inquérito final preenchido, de avaliação da atividade… os comentários foram: “ Aprendi muitas coisas… temos que evitar usar produtos que matem as abelhas!... temos de plantar flores que produzam pólen, para ajudar as abelhas! … não as podemos deixar matar!!”

 

As Coordenadoras Eco-Escolas : Cristina Pereira e Marina Calheiros

Dia Nacional do MAR

No passado dia 16 de novembro, foi comemorado o Dia Nacional do Mar, no âmbito  do Programa Eco-Escolas

 

Os alunos do sétimo ano expuseram  cartazes e distribuíram marcadores de livros, que construíram em trabalho colaborativo com a Coordenadora do Programa. 

Foi aproveitado o evento para homenagear Sophia de Mello Breyner Andresen, no centenário do seu nascimento, evocando o poema “Promessa”, extraído da sua obra - Dia do Mar.

Os alunos comprometeram-se ainda a não quebrar a “Promessa” de Sophia, separando os lixos e não ajudando, assim, a construir Ilhas de Plástico no Oceano.

 

 


 

 

e-Heitoríadas

Já estão "no ar" as primeiras e-Heitoríadas.

 

e-HEITORÍADAS 2020

REGULAMENTO/INFORMAÇÕES:

- A prova tem o formato "Google Forms";

-Os links de acesso à prova (um para alunos e outro para Pais/EE, Professores e Auxiliares da Ação Educativa) serão disponibilizadas nas páginas do facebook e instagram do AEFHP;

- A "competição" arranca às 10h e o prazo para submissão da prova encerra às 20h;

- Será declarado vencedor quem obtiver melhor pontuação;

- Em caso de igualdade pontual, o desempate é feito tendo em consideração a hora de submissão da prova (quem submeteu mais cedo terá vantagem)

- Perguntas com três graus de dificuldade (fácil - 1 ponto, médio - 2 pontos, difícil - 3 pontos);

- Modalidades coletivas e individuais, Jogos Olímpicos, Ética Desportiva e Curiosidades do Desporto serão temas que encontrarás durante a prova;

- Diploma de participação para todos os participantes;

- Classificação geral e classificações por ciclos de ensino/escola;

- Classificação geral para Pais/Encarregados de Educação e Auxiliares da Ação Educativa;

- Qualquer situação não prevista no presente regulamento será resolvida pela organização.

 

Participem!

Ciência Divertida - Semana da Cultura Científica 2019

No passado dia 2 de dezembro assinalámos, mais uma vez, a Semana da Cultura Científica 2019. No átrio principal da escola Frei Heitor Pinto, os alunos do 3º ciclo realizaram experiências diversificadas de Física, Química, Biologia e Geologia.

 

 

 

 

Tiveram, ainda, a oportunidade de programar um robô.