Ligações externas

 Câmara Municipal da Covilhã  Moodle
 Direcção Geral de Recursos Humanos da Educação Direcção Regional de Direcção do Centro 
 IAVE  APEE.ESFHP
Sites de Interesse

      

  moodle   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXAMES NACIONAIS
-2020/2021- 

CALENDÁRIO DAS PROVAS E EXAMES NACIONAIS 2021

– ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO –

Saber mais...

Autenticação

Estatística do portal

Ver visitas de Artigos
3072433
Qui.
25
Nov.

Quem Ama Protege

 

Incontornável, nas aulas de Área de Integração nas turmas MEBE3/TAF1/PI4, a referência ao Pacto Climático de Glasgow - COP 26e outros documentos sobre o tema, uma vez que a unidade temática lecionada é: Homem-Natureza - Uma Relação Sustentável.

Espreitando o sítio da ONU ficamos a saber que a: “A COP 26 é a maior cimeira sobre o clima organizada pelas Nações Unidas, contando com cerca de 50.000 participantes tanto em pessoa como virtualmente, dos quais 120 são chefes de Estado e de Governo e os restantes milhares são participantes, milhares de especialistas, ativistas e decisores públicos e jornalistas reunidos fora do plenário principal para acompanhar os acontecimentos”.

Os tempos são de emergência e os objetivos da COP são os seguintes: 1. Assegurar a neutralidade carbónica global até meados do século XXI e manter o aumento da temperatura média abaixo dos 1,5ºC 2. Assegurar a adaptação para proteger comunidades e habitats naturais. 3. Assegurar a mobilização do financiamento, 4. Cooperar para enfrentar os desafios da crise climática. 

Da reflexão sobre um cenário de emergência, alarme e extrema preocupação nas aulas de Área de integração em todas as suas vertentes, da necessidade de tomar medidas nasceu a exposição no átrio do corredor que dá acesso à sala de professores – O COLAPSO DA BIODIVERSIDADE/QUEM AMA PRESERVA E PROTEGE. 

Nesta exposição podemos conhecer alguns animais e plantas em extinção, devido ao recuo dos seus habitats, causado pelas alterações climáticas, pela necessidade de desflorestação para ceder a espaços agrícolas e empreendimentos habitacionais, à sua captura indiscriminada e sem regras. A taxa atual de extinção das espécies é muito preocupante e tende a acelerar nos próximos anos, numa escala sem precedentes. 

Não somos alheios à ideia de que um ecossistema se equilibra na sua diversidade, sendo a sua vitalidade dependente das espécies que os constituem, a extinção de uma espécie leva à extinção de muitas outras.  Até quando a espécie humana sobreviverá caso não e mitigue toda esta tendência de extinção? Cada vez mais faz sentido “Consciencializar o ser humano para que ele se sinta como mais um entre os demais seres vivos é vital para que possamos preservar o patrimônio mais precioso que temos no planeta, que é a biodiversidade da qual somos parte.”

Aprendemos na escola a conhecer e a respeitar a natureza, a nossa consciência ambiental também se forma na necessidade de percebermos o tanto que é necessário fazer para salvar o planeta.

 

Professora: Ana Maria Monteiro

 

Uma escola para aprender a aprender a ser!